domingo, 29 de maio de 2011

Azul azul azul.

Azul, bola de futebol, carrinho babado e jogado pelo chão, lençol com estampa de super-herói, mamadeira de ursinho, nave, disco voador com luzes, ioiô do papai, quarto com desenhos de estrelas, adesivos no bercinho, gibis, chapeuzinho de galã...

E eu terei um menino!
:)

Posso?

"Hoje em dia nem nos olhamos".
Posso cobrar o pra sempre?

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Das coisas boas que conheço, te mostrarei as melhores.

 Quero te mostrar o que há de melhor nesse mundo. O mundo anda capengando, mas ainda tem coisas boas. Quero que você leia Shakespeare, sei que vai demorar pra você aprender a falar esse nome, mas quando aprender.. De música tem coisa boa sim, mas é preciso peneirar. Tem uma onda de cores hoje em dia, mas até você sair acho que vai passar. Se você não fizer bagunça, te deixo ouvir meus cd's. Na televisão não tem lá muita coisa boa, mas eu posso te mostrar os meus filmes prediletos, no início eu pego leve, só te mostro os mais tranquilos, depois quero você comigo vendo filme de guerra! hahaha

domingo, 15 de maio de 2011

Por hoje.

"Por hoje eu queria entrar em uma história... 
Uma história qualquer... Que fosse mais interessante que a minha. 
Talvez uma  história em que eu não tivesse como evitar as catástrofes, para que assim eu pudesse assistir sem culpa. 
Por hoje eu queria entrar em uma história que eu pudesse torcer para alguém, e que no final... 
Que tivesse um final. 
Por hoje eu queria entrar em uma história que a música me tocasse, mas de uma forma singular. Que eu me distraísse, e que assim esse dia passasse." 


sexta-feira, 13 de maio de 2011

Vergonha.

Às vezes eu tenho vergonha deste lugar; tenho vergonha de só escrever coisa triste. Mas é que sou sincero e preciso, pois sou fraco; mais fraco do que eu imaginava. Últimamente eu não estou vivendo, estou me arrastando. É vergonhoso! Eu não consigo um emprego qualquer, e olha que já nem estou mais procurando só na minha área. Já abri mão de fazer o que quero.Não respondo mais só por mim. Eu estou tentando mas parece que não é o suficiente, nunca é. 

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Sem essa.

Não me venha com o papo "Se precisar de alguma coisa, é só falar" pois eu não vou falar, e você sabe, e ainda torce, pois é mentira!


sexta-feira, 6 de maio de 2011

Não se pode querer acabar com a arte no mundo, só porque você não a compreende.

domingo, 1 de maio de 2011

Uma carta sem remetente.

Passe a noite aqui comigo, por favor! Só esta noite, prometo não pedir mais. Eu só queria te sentir quando o medo bater. Não precisa ficar muito tempo, é só até eu dormir. Só me olhe. Eu não quero ficar aqui sozinho, a noite vai me perturbar; esse escuro faz eco. Meus pensamentos... Você sabe, ando tão à flor da pele...
Eu só quero um abraço quente!

P.s.: Traga meu sorriso de volta. 

Escrever já não basta...

Escrever já não basta...
Eu nem posso ouvir uma música, que os meus olhos sofrem. 
Minha garganta dói quando evito fazer barulho.

Escrever já não basta... E eu não sei o que fazer.